O Centurião de Cafarnaum

Tempo de leitura: 4 minutos

Nós nos alegramos nos maravilhosos milagres de Jesus, mas pouco nos lembramos que pessoas também impressionaram o mestre. O Centurião de Cafarnaum foi uma delas, é sobre ele que gostaria de falar, aqui nesta nota.

 O Centurião de Cafarnaum

I – O Centurião de Cafarnaum

Este homem que veio à Jesus pedir pelo seu escravo, que na época pouco significava, nos deixa um grande exemplo de amor ao próximo

Mesmo sendo ele um homem importante, um militar de alta patente do império romano. O centurião poderia ter substituído este escravo doente que não lhe servia mais

Mas ao contrário de muitos, fez questão de cuidar com carinho pois tinha alta estima por ele. O apóstolo Paulo em (Gl 6:9) nos convida a fazer o bem,

E João completa nos ensinando que quem sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado. (Tg 4:17).

II – O Homem Que Acreditou em Jesus

Ao ouvir falar de Jesus, o centurião enviou um ancião dos judeus onde estava o mestre para lhe pedir que curasse seu escravo.

Ele creu veemente; a fé que este homem teve fez possível a cura do seu servo “tudo é possível ao que crer” (Mc 9:23). Se você tem fé e crer no Senhor se prepare para ver a glória de Deus (Jo 11:40).

III – As Qualidades do Centurião

 

1°) Era um Homem de Bom Testemunho (Lc 7:4)

Os judeus idosos deram bom testemunho do centurião, disseram que ele era digno de receber a benção de Deus, porque era um bom homem.

2°) Amava a Nação de Israel (Lc 7:5)

Os anciãos julgaram que era digno de receber a benção de Deus pois ele construiu uma obra, importante para os judeus.

3°) Tinha Bons Relacionamentos (Lc 7:6)

O centurião mandou amigos falar com Jesus isso demostra que ele tinha bons relacionamentos com as pessoas.

IV – Atitude Certa, na Hora Certa.

O centurião recebeu a benção do Senhor por um conjunto de atitudes que teve em relação a Jesus, vamos analisar algumas delas.

 “E foi Jesus com eles; mas, quando já estava perto da casa, enviou-lhe o centurião uns amigos, dizendo-lhe: Senhor, não te incomodes, porque não sou digno de que entres debaixo do meu telhado.”

1°) O Centurião Reconhece a Soberania de Jesus

Em Lucas 7:6, vemos que o centurião reconhece a soberania de Jesus “[…]dizendo-lhe: Senhor, não te incomodes…”

Ao chamar Jesus de Senhor o centurião reconhece que Jesus era mais importante do que ele.

2°) O Centurião Reconhece a Superioridade de Jesus

Logo depois ele reconhece a superioridade de Jesus quando diz: “[…] Não sou digno de que entres debaixo do meu telhado”

O centurião reconheceu não só a soberania, mas também a sua superioridade.

3°) O Centurião Reconhece a Autoridade de Jesus

Desta vez ele reconhece a sua autoridade quando diz: “[…] dize, porém, uma palavra, e o meu criado sarará.” Ainda completando falou:

“Porque também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados sob o meu poder, e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz.”

V – Jesus Maravilhado!!!

Diante da atitude do centurião, Jesus ficou maravilhado (Lc 7:9a). Quais são as suas atitudes? Elas têm deixado Jesus maravilhado?

Precisamos refletir cada vez mais nas nossas atitudes como cristãos.

VI – Fé Exaltada!!!

Jesus exaltou a fé do centurião (Lc 7:9b). Deus está constantemente olhando para dentro de nós, e vendo o nosso íntimo, Ele agirá segundo a nossa fé.

VI – Servo Curado!!!

A relação que você está desenvolvendo com o Senhor, vai trazer bons resultados para sua vida. Encontrar-se com o Senhor verdadeiramente traz bons resultados na nossa vida,

Se você quiser experimentar a ação de Deus na sua vida comece reconhecendo que só o Senhor é Deus e a partir desse encontro as janelas para o céu estarão aberta e você com uma vida abençoada.

Conclusão:

O encontro com Jesus, trouxe resultados maravilhosos na vida daquele homem, quando nos encontramos com cristo tudo se faz novo em nossas vidas.

Você terá resultados na sua vida quando passar a reconhecer quem é Jesus e exercitar sua fé, siga esse exemplo de fé reconhecimento e humildade.

Veja Outros Artigos Aqui

 

 

 

Deixe seu comentário