Isabel – Uma Mulher Espiritual

Tempo de leitura: 2 minutos

Isabel – uma mulher espiritual. Ela vivia em uma sociedade em que a mulher era medida pela capacidade de ter filhos.

Não foi fácil para ela envelhecer sem conseguir gerar filhos, sendo julgada e apontada por toda a sociedade, mas ela permaneceu na fé e fiel a Deus.

Isbel - Uma Mulher Espíritual

I – Isabel – Uma Mulher Espiritual

Isabel como seu marido Zacarias, vinham de família sacerdotal e todos os anos eles viam ao templo em Jerusalém para cumprir seus deveres sacerdotal. Zacarias voltou para casa feliz porem não podia falar.

Houvesse o que houver as obrigações espirituais eram cumpridas, embora com o coração entristecido Isabel cumpria com suas obrigações com Deus.

II – Zacarias Um Homem Que Duvidou

a) Mudo até o nascimento

Ao chegar em casa teve que escrever as boas novas para sua esposa, pois não podia mais declarar, imagine a felicidade desta mulher ao saber que o sonho de muitos anos, finalmente foi realizado.

b) presente de Deus confirmado

Logo, ela engravidou e soube que seu filho era de um presente de Deus, a notícia se espalhou entre seus familiares.

Ao norte de Nazaré, sua prima Maria também tinha engravidado inesperadamente e foi visitar Isabel sua prima.

III – Felicidade em dose dupla

Elas estavam ligadas pelo presente de Deus, Isabel sabia que o filho de Maria seria bem mais especial do que o seu pois João era um mensageiro de Jesus.

Quando seu bebê nasceu, Isabel queria dar-lhe o nome ordenado por Deus “João” Ao concordar Zacarias voltou a falar e todos espantados ficaram pensando em que aquela criança tão especial se tornaria.

IV – Gratidão

Isabel louvava a Deus ao cuidar do presente que o altissímo havia lhe dado. A felicidade de Isabel foi completa ao saber que sua prima Maria ia dar a luz ao salvador, ao ver que seu marido voltava a falar.

V – Conclusão

Quantas benção o senhor tem te dado? Quantas vezes você teve gratidão? É importante reconhecermos tudo o que o Senhor fez e está fazendo em nossas vidas.

Precisamos ter gratidão pelo sol, pelo dia, pelos filhos, alimento e até mesmo pelas provas que passamos.

Porque as provas servem para nos edificar, e para deixar agente mais forte espiritualmente, e vencer as adversidades.

Veja Outras Notas Aqui

Deixe seu comentário